sexta-feira, maio 27, 2005

Entradas curiosas

do dicionário de José Joaquim Ferreira de Moura

Dicionário de Algibeira Filosófico, Político, Moral que dá de certas palavras a sua noção verdadeira, Impresso em Londres pelos annos de 1828 ou principios de 1829

Benevolencia, Humildade, Dignidade. As duas primeiras virtudes são parentas e mui chegadas; ambas nascem do mesmo tronco. A Dignidade he tãobem de boa raça, mas pertence á familia de Fortaleza. He precizo ter sangue destas trez familias para fazermos na sociedade uma figura respeitavel; mas he necessario doze moderada de cada uma dellas, porque se não - o extremo de Benevolencia dá em patetice - o de Humildade em baixeza - e o de Dignidade em orgulho, e em soberba. (p.25)

Classe Media. He o talento sem nascimento que està sempre lutando contra o nascimento sem talento. He facil de prevêr o rezultado desta luta. No estado, a que as couzas tem chegado, o querer so exalçar uma classe, deprimindo a outra, he alimentar uma guerra social, que poderá reprimir por algum tempo a erupção, mas tarde ou cedo involverá a todos na mesma ruina. (p. 36)

Destino. He um sugeito, a quem commumente fazemos responsavel de todos os nossos crimes; de todas as nossas tollices. He uma especie de necessidade, que nos qualificamos de invencivel, só porque não queremos trabalhar para vencer. (p.51)

quarta-feira, maio 25, 2005

lol

a título de curiosidade

A Abril de 1859 Antero de Quental (com os seus 17 anos) foi «condenado pelo Conselho de Decano [Universidade de Direito em Coimbra] a 8 dias de prisão por ter tomado parte, juntamente com outros estudantes, numa perseguição praxista "andando com a cara coberta armado de cacete a dar graus aos caloiros e cortando-lhes o cabelo"».

in Antero de Quental, Fotobiografia, MARTINS, Ana Maria Almeida
Colecção Presenças de Imagem, Casa-da-Moeda, s. d.

Private Analogy

I ate a cornetto yesterday and I didn't saw any Zombie at the front door.

terça-feira, maio 24, 2005

Este fim-de-semana vou a Broadway

Mas é que vou MESMO! Acabei de saber pelo 60 minutos(sic notícias) que na "big apple" está em exibição um musical a não perder intitulado Spamalot . Trata-se de uma comédia escrita por Eric Idle, elemento dos Monty Pythons, que conta com algumas piadas de à trinta anos atrás(Flying Circus) no estilo irreverente a que aqueles génios do riso nos habituaram.
Infelizmente os quatro membros vivos não sobem ao palco, mas a qualidade da peça é excelente.

Se uma nova realização dos Monty Pythons não disser tudo veja a notícia na CBS.

Esclarecimentos religiosos

Depois de ter ido à missa no último Domingo fiquei com a minha posição religiosa mais esclarecida

E decidi que, se algum dia vier a acreditar (porque com o avançar da idade temos de nos precaver contra os imprevistos) não me junto ao clã cristão.
Das duas uma: ou estabeleço uma relação directa com Deus (acho que assim é que deveria ser sempre), sem intermediários que deturpem a mensagem, ou junto-me a uma das muitas "ssseitasss"[sic] que, segundo o pároco que dava o espectáculo, pululam por aí apanhando desprevenidos (só pode ser por trás, não?) os cristãos que "não estão esclarecidos![sic].

Tive pena que não houvesse uma sessão de esclarecimento após o sermão; gostaria de ter perguntado porque é que os cristãos andam tão pouco esclarecidos.

A meio da sessão ainda julguei que o organista fosse 'sacar' de um solo e começasse a tocar o 'Great Balls of Fire' ou o 'Bohemian Rapsody', mas as expectativas sairam defraudadas (aliás, na última semana não me tem acontecido outra coisa).

domingo, maio 22, 2005

Dúvidas autárquicas

Com as eleições autárquicas à porta questiono-me sobre quando é que vão chegar os cheques para as revisões dos carros dos almadenses, severamente castigados pelos buracos das obras do metro.

quinta-feira, maio 19, 2005

Euro(pouca)visão

Acho que o estado do país e o desenvolvimento que este sofreu nos últimos anos pode ser comparado à prestação nacional no festival da Eurovisão.

segunda-feira, maio 16, 2005

Afinal já se fez luz

Finalmente Carrilho já colocou no cartaz de propaganda que tem um projecto para Lisboa com princípio, meio e fim,

Ainda ninguém sabe onde é que começa, onde é que se desenvolve e onde é que termina, mas isso agora não interessa nada.

ainda sobre a (in)tolerância...

Hádias discutiam-senuma aula as declarações do sô Presidente da República Jorge Sampaio sobre a segurança nas estradas.
Declarava Sampaio a necessidade de mais polícias em cada esquina e, de preferência, à paisana, causando grande escândalo sobre os estudantes da FCSH, na sua maioria, de esquerda. Achavam, por um lado, errado não saberem quando seriam vigiados - perdendo o direito de privacidade- mas defendiam, por outro, o incremento da força policial identificada - um pouco à semelhança dos tempos de ditadura.

Quais são os limites da tolerância?

E vivam os derbys SLB vs SCP que fazem milagres!

quinta-feira, maio 12, 2005

Insólito

estava uma cabra a pastar num cubículo de relva, destinado a uma árvore de pequeno porte, no meio do parque de estacionamento da Estação do Pragal!

terça-feira, maio 10, 2005

Olhó boneco!

Acabei de ver as comemorações russas do fim da II Guerra Mundial.

Algo entrou na minha vista (possivelmente através da córnea ou lá como é que se chama, nunca fui muito bom a ciências), fez ricochete na parte da memória e instalou-se na parte do cérebro do racíocinio rápido (não sei existe, mas faz de conta que sim): enquanto Putin fazia as suas declarações, um senhor de fato, sentado na primeira fila, seguia atentamente as figuras de um livrinho que tinha com ele, dando risadinhas para a sua extremosa esposa.

É impressão minha ou este é um caso de clara falta de educação?

É claro que está tudo explicado se desvendar o mistério e disser que a personagem é, sem mais nem menos, o inigualável George W. Bush, o líder do mundo livre (de discursos sérios e importantes para a civilização).

quinta-feira, maio 05, 2005

Um blog interessante de Francisco Rui Cádima:

http://irrealtv.blogspot.com

! NOVIDADE !

Atenção:

Os arrumadores de carros vêm agora com novas funções. Depois dos diferentes tamanhos, feitios e cores temos agora à nossa disposição uma conversa diária sobre qualquer assunto em voga e o ticket do parquímetro sem deslocações, por apenas mais um eurito.

Ainda só se encontra disponível na Avenida de Berna. Dentro de um mês o programa expandir-se-á por Lisboa e arredores. Requesite a função, no seu parque habitual, num quiosque perto de si ou faça a tranferência por multibanco (consultar informações no site da câmara municipal).

terça-feira, maio 03, 2005

Velocidade cruzeiro

A Renault está a levar a cabo uma sensibilização, em França, junto dos seus condutores, acerca do cruise control. A marca tenta explicar que o sistema de navegação (acho que é de navegação) não é perigoso e não deixa de funcionar de um momento para o outro.

Isto tudo depois de um condutor francês ter afirmado que o cruise control do seu Velsatis (que, para quem não sabe, é o topo de gama da Renault) foi a baixo a 200 Km/h, colocando em risco a sua integridade física.

Ora, se não me engano, andar a 200 à hora é, já por si só, perigoso, certo? E, sendo perigoso, o melhor não é ter as próprias mão no volante e não entregar o controlo de uma velocidade dessas a uma máquina? Ou até mesmo, sei lá, baixar a velocidade!?

Caso não soubesse que o caso era francês era capaz de apostar um membro superior em como era português. Por esta altura já estava maneta!

Espaço publicitário

Ambos os anúncios são verdadeiros e não sofreram qualquer alteração, sendo apenas encurtados para chegarmos ao que interessa.

1) Alugatudo

Alugamos todo o tipo de materiais:

  • Betoneiras;
  • …;
  • VIBRADORES (!);
  • etc.

    Aluguer de vibradores…interessante. Nojento, mas interessante.


2) Nova promoção Telepizza:
Na compra de uma piza média até três ingredientes oferta de uma TELEPITA (!)

A primeira vez que telefonei e me perguntaram se queria uma telepita (!) pensei que estavam a brincar comigo! É que com as coisas que se passam neste país qualquer coisa suspeita pode nos por na choldra! Será que não arranjaram nome melhor !?

segunda-feira, maio 02, 2005

de momento não escrevo muito

...estou em estado de choque provocado pela destreza de Marcelo Rebelo de Sousa.